domingo, 12 de maio de 2013

Ah se essa rua...

Se essa rua de São Paulo, 
se a Raposo fosse minha
eu mandava virar sambódromo.
Imagine só: carroças pretas, brancas, 
cinzentas-amarelas
sambam bem devagarzinho... eu bem preferia um tango argentino.
Aqui parado, fazendo fumaça eu peço:
Me dá, eu quero,
me dá chupeta, porque tô com vontade de chorar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário