terça-feira, 16 de dezembro de 2014

O cu

controverso
Objeto de desejo, de apreço
desprezo
Motivo de piada, troça e prosa
Conquista amorosa.

Fenômeno único, assim como individualidade bem pudica
O cu é meu
E “cada um com o seu.”

Em contrapartida, é característica coletiva
Muitos dos bichos o têm, e o bixo humano também
Ainda bem

É recurso evolutivo, seleção natural
Quem tem cu tem medo
Diante de uma atividade paranormal
Ou de um novo enredo

Alguns podem chamar-me de animal,
Mas vos digo: o cu é uma entidade transcendental
Transcende cor, raça, credo, time de futebol, gênero
Caráter, cateter, educação, suéter
“cu todo mundo tem”

Todos vieram ao mundo crus
remelentos e nus
e se você é gente, não tem desculpa:

Vai tomar no cu.